Archive for Março, 2013

29/03/2013

Para compartilhar o Cálice do Sofrimento com Cristo

por aminhavidaeparati

27149_4304350701470_884756539_n103 – Para compartilhar o Cálice do Sofrimento com Cristo

Eu prostro-me diante de Vós, ó Jesus, e aos Vossos Pés para que façais o que quiseres de mim para o bem de todos.

Deixai-me partilhar o Vosso Cálice de Sofrimento.

Tomai esta minha dádiva, para que Vós possais salvar as pobres almas perdidas e sem esperança.

Tomai-me, em corpo, para que eu possa compartilhar a Vossa Dor.

Segurai o meu coração nas Vossas Sagradas Mãos e levai a minha alma em união Convosco.

Pela minha dádiva de sofrimento eu consinto que a Vossa Divina Presença abrace a minha alma, para que Vós possais resgatar todos os pecadores e unir todos filhos de Deus para todo o sempre. Amém.

102 – Para sustentar a fé e a crença nas Mensagens de Deus para o mundo

Querido Jesus, quando eu estiver em baixo, levantai-me.

Quando eu duvidar, iluminai-me.

Quando eu estiver triste, mostrai-me o Vosso Amor.

Quando eu criticar, ajudai-me a manter o silêncio.

Quando eu julgar o outro em público, selai os meus lábios.

Quando eu blasfemar, em Vosso Nome, redimi-me e trazei-me de volta à vossa protecção.

Quando me faltar a coragem, dai-me a espada de que eu preciso para a batalha e para salvar as almas que vós desejais.

Quando eu resistir ao Vosso amor, ajudai-me a render-me e a abandonar-me completamente ao Vosso Amoroso carinho.

Quando eu me afastar, ajudai-me a encontrar o Caminho da Verdade.

Quando eu questionar a Vossa Palavra, dai-me as respostas que eu procuro.

Ajudai-me a ser paciente, dedicado e bondoso, mesmo para aqueles que Vos amaldiçoam.

Ajudai-me a perdoar aqueles que me ofendem e dai-me a graça de que eu preciso para Vos seguir até ao fim da terra. Amém.

Ler mais em: Cruzadas de Oração

15/03/2013

Santificar o dia…

por aminhavidaeparati

Entre outras tarefas de rotina de todas as manhã estava à pouco “a olhar para mim mesmo” a tentar enfiar a linha na agulha para coser o botão do casaco da minha filha e comecei a meditar na passagem de S. Lucas 18, 18-27 e ia ouvindo o início da conferência de imprensa do ministro das finanças;

a primeira coisa que ele disse foi que a 7ª avaliação da troika foi positivo… e que Portugal já recebeu quase 90% do envelope financeiro do programa de assistência económica e financeira.

Simbólico ser a 7ª avaliação!…

Coser o botão é fácil; difícil é fazer entrar a linha na agulha…

Dizer-se cristão e/ou católico, praticante ou não praticante é fácil (como ouço muita gente dizer… e mais ainda aqueles que se auto-intitulam de não praticantes [?!…]);

difícil é viver o Evangelho no dia-a-dia; nas pequenas e nas grandes tarefas ou obras;

difícil é santificar o dia em tudo o que dizemos e fazemos.

AGRADEÇO ao nosso PAPA FRANCISCO palavras de sabedoria que ele ontem proferiu: “caminhar, edificar e confessar Jesus Cristo crucificado.”

“(…) Podemos caminhar o que quisermos, podemos edificar um monte de coisas, mas se não confessarmos Jesus Cristo, está errado. Tornar-nos-emos uma ONG sócio-caritativa, mas não a Igreja, Esposa do Senhor. Quando não se caminha, ficamos parados. Quando não se edifica sobre as pedras, que acontece? Acontece o mesmo que às crianças na praia quando fazem castelos de areia: tudo se desmorona, não tem consistência.

Quando não se confessa Jesus Cristo, faz-me pensar nesta frase de Léon Bloy: «Quem não reza ao Senhor, reza ao diabo». Quando não confessa Jesus Cristo, confessa o mundanismo do diabo, o mundanismo do demónio.

Caminhar, edificar-construir, confessar. Mas a realidade não é tão fácil, porque às vezes, quando se caminha, constrói ou confessa, sentem-se abalos, há movimentos que não são os movimentos próprios do caminho, mas movimentos que nos puxam para trás.

Este Evangelho continua com uma situação especial. O próprio Pedro que confessou Jesus Cristo com estas palavras: Tu és Cristo, o Filho de Deus vivo, diz-lhe: Eu sigo-Te, mas de Cruz não se fala. Isso não vem a propósito. Sigo-Te com outras possibilidades, sem a Cruz. Quando caminhamos sem a Cruz, edificamos sem a Cruz ou confessamos um Cristo sem Cruz, não somos discípulos do Senhor: somos mundanos, somos bispos, padres, cardeais, papas, mas não discípulos do Senhor.

Eu queria que, depois destes dias de graça, todos nós tivéssemos a coragem, sim a coragem, de caminhar na presença do Senhor, com a Cruz do Senhor; de edificar a Igreja sobre o sangue do Senhor, que é derramado na Cruz; e de confessar como nossa única glória Cristo Crucificado. E assim a Igreja vai para diante.

Faço votos de que, pela intercessão de Maria, nossa Mãe, o Espírito Santo conceda a todos nós esta graça: caminhar, edificar, confessar Jesus Cristo Crucificado. Assim seja.”

“«O que é impossível aos homens é possível a Deus.»” (Lc 18, 27)

Passagem completa:
“O homem rico (10,25-28; Mt 19,16-26; Mc 10,17-27) – 18Certo chefe perguntou-lhe, então: «Bom Mestre, que hei-de fazer para alcançar a vida eterna?» 19Respondeu-lhe Jesus: «Porque me chamas bom? Ninguém é bom senão Deus. 20*Tu sabes os mandamentos: Não cometerás adultério, não matarás, não roubarás, não levantarás falso testemunho; honra teu pai e tua mãe.» 21Ele retorquiu: «Tudo isso tenho cumprido desde a minha juventude.» 22*Ouvindo isto, Jesus disse-lhe: «Ainda te falta uma coisa: vende tudo o que tens, distribui o dinheiro pelos pobres e terás um tesouro no Céu. Depois, vem e segue-me.»
23Quando isto ouviu, ele entristeceu-se, pois era muito rico.
24Vendo-o assim, Jesus exclamou: «Como é difícil para os que têm riquezas entrar no Reino de Deus! 25*Sim, é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!» 26Os que o ouviram disseram: «Então, quem pode salvar-se?» 27*Jesus respondeu: «O que é impossível aos homens é possível a Deus.»”
(Lc 18, 18-27)

12/03/2013

ORAÇÃO PARA A ELEIÇÃO DO PAPA

por aminhavidaeparati

Deus, Pastor eterno,
que governais o vosso povo
com providente solicitude,
concedei à Igreja,
pela vossa bondade infinita,
o pastor que seja do Vosso agrado
pela santidade da sua vida
e inteiramente consagrado
ao serviço do vosso povo.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo,
Vosso Filho que é Deus convosco
na unidade do Espírito Santo.
(do Missal Romano)

 

Pai Nosso

Pai Nosso,
que estais nos céus
santificado seja o Vosso nome,
venha a nós o vosso reino,
seja feita a Vossa vontade
assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje,
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação,
mas livrai-nos do mal.

 
Ave Maria

Ave Maria,
cheia de graça, o Senhor é convosco,
bendita sois vós entre as mulheres
e bendito é o fruto do Vosso ventre, Jesus.

Santa Maria, Mãe de Deus
rogai por nós, pecadores,
agora, e na hora da nossa morte.
Amen

 
Glória

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo,
como era no princípio,
agora e sempre.
Amen

%d bloggers like this: